BLOG

Controle de maneira eficiente as operações comerciais de sua empresa definindo metas de vendas, comissões, inventários, demandas de compra, financeiro e muito mais.

15 AGO

Como fazer a sua microempresa crescer mesmo na crise

Não é surpresa que o ano vem sendo marcado por crises políticas e econômicas. Mas fique calmo! Não há razão para pânico. Apesar do momento difícil é possível, sim, superar a crise ao lado dos seus parceiros e funcionários, basta ser consciente e agir de acordo com o que o momento pede para não escorregar em tentações e entrar em nenhuma cilada.

Aí vão algumas dicas para você, microempresário, sair dessa sem nenhum arranhão e o principal, sem nenhum prejuízo no bolso:

Identifique gastos desnecessários e faça cortes se possível: Com o orçamento apertado, vale a pena analisar com calma os gastos da empresa e cortar o que não for de urgência para o momento. Vale também conversar com os funcionários para que eles alcancem o máximo de produtividade possível. Uma boa dica também é reavaliar as listas de fornecedores e tentar renegociações.

Seja transparente com a sua equipe: Mantenha uma boa comunicação com os seus colaboradores. Eles podem te informar quais os setores com maior lucro, maior gasto e te ajudar a encontrar problemas e resolver com maior velocidade.

Invista para aumentar sua receita: Parece contraditório, mas investir em uma boa empresa de marketing pode aumentar e muito os seus lucros. Investir também na boa qualidade de trabalho para os seus funcionários e deixá-los satisfeitos e se sentindo bem no ambiente de trabalho é simples e pode trazer ótimos retornos para a sua empresa, afinal: funcionário feliz trabalha bem.

Tenha um bom contador: Por mais óbvio que pareça, muitas empresas não mantém uma relação de proximidade com os seus contadores. Estes profissionais são essenciais para o bom funcionamento do negócio e terão, especialmente em tempos de crise, respostas para muitas dúvidas e problemas que possam aparecer na frente. Além disso, o contador é quem possui os documentos com números e está ciente de toda a situação fiscal da empresa. Por esta razão mantenha-o sempre por perto e com uma boa relação entre vocês.

2017 vem sendo um ano difícil, mas esta não é a primeira e não será a última vez em que o país irá passar por crises. Não desanime! Você tem as ferramentas e o conhecimento necessário para continuar em frente.

Compartilhe:

Comente:

Voltar
Não perca tempo e
oportunidades para sua empresa