BLOG

Controle de maneira eficiente as operações comerciais de sua empresa definindo metas de vendas, comissões, inventários, demandas de compra, financeiro e muito mais.

Como controlar as mercadorias do estoque de forma eficiente?

 

Produto parado é dinheiro que não entra para o fluxo de caixa da empresa. Se atente às dicas que separamos para você evitar que isso aconteça.

 

Na hora de adquirir as mercadorias ou insumos necessários para o próximo período, as empresa prestam muita atenção no preço pago por essa aquisição. Mas, é importante também dar atenção ao que acontece após a entrada deste material, no estoque da empresa. Produto parado ou pouco utilizado precisa se transformar em dinheiro que entra para o fluxo de caixa.

Para auxiliar nesta gestão, separamos algumas dicas que ajudarão os seus colaboradores gerirem de forma mais eficiente os produtos estocados na empresa:

1 - Saiba quando é hora de queimar o estoque: Quando o fluxo de saída de um produto diminui, fique atento. Ele pode estar ocupando espaço de produtos de maior rotatividade. Neste caso, é importante compreender o momento de liquidar os estoques parados. O "respiro" adquirido com o valor da venda que agora entra na empresa poderá ser a chave para aquirir mais produtos altamente vendíveis.

2 - Garanta a padronização do seu controle de estoque: Produtos podem representar mais de 60% dos custos de uma empresa, portanto, devem ser cuidados rigorosamente. Garanta padrões de controle de estoque, com a implantação das fichas de estoque, por exemplo. Elas garantirão a consistência de cada ação executada em seu inventário, com informações cruciais para uma posterior conferência.

3 - Implante o sistema de inventário rotativo: Estabeleça um período para que uma certa quantidade de produtos seja conferida em seus sistema de controle e em seu inventário físico. É importante saber se os números "batem", identificando e investigando possíveis "furos de estoque".

4 - Tenha em mãos o controle de movimentação de cada produto: Isso fará com que as suas aquisições sejam certeiras, baseadas nas entradas e saídas reais do produto. Afinal, só é possível compreender a quantidade correta de produtos a serem adquiridos se ponderada a rotatividade do mesmo.

5 - Saiba negociar com os seus fornecedores: Um segredo também para manter o estoque em dia não é somente conferir a possível falta do produto no inventário, mas também saber qual o melhor preço e data de entrega dos produtos adquiridos. Sabendo isso, ficará mais fácil negociar uma data de entrega ideal com o seu fornecedor. Também priorize fornecedores versáteis, que se adaptem às necessidades de sua empresa em caso de urgência na entrega de determinados produtos.

Controlando tudo o que entra e sai, fica ainda mais fácil construir um negócio de sucesso!

Gostou das dicas? Outras você encontra no "Guia da Pequena Empresa 2016 - Gestão, Marketing e Finanças" que preparamos para você acelerar ainda mais o seu negócio! Baixe agora:

 

Compartilhe:

Comente:

Voltar
Não perca tempo e
oportunidades para sua empresa